Pais e Filhos

Feliz dia dos Pais

Por coincidência ou não, como hoje, também no domingo do Dia das Mães foi ao ar o meu texto nesta coluna. E como no dia das mães, hoje o texto vai ter gostinho de homenagem por que afinal, os PAIS também merecem muito!!

Obviamente, eu não sou pai e também nunca serei, por isso vou falar um pouco sobre a delícia de TER UM PAI, por que é completamente delicioso!

Pai é insubstituível, na falta de um muitos podem quebrar um galho, como tios, avôs, padrinhos e outras figuras masculinas, porém a cadeira do pai ficará sempre vazia, mas não é destas coisas tristes que eu quero falar.

É verdade sim que o papel do pai tem mudado de uma geração pra outra, afinal o Pai que antes era a figura de autoridade da casa, quem trazia o sustento, o que ficava mais tempo fora, então, o mais distante, o que falava menos e por isso o mais respeitado, tornou-se o PAI que vemos hoje. O PAI de hoje passou a não dar mais medo (ufa), por que é muitas vezes o parceiro da brincadeira, do videogame, ou do futebol, é o que faz palhaçadas, na maioria das vezes o que não tem problema em burlar as regras que foram impostas pela mãe.

Também é verdade que este comportamento muitas vezes causa problemas e até mesmo danos na educação dos filhos, acontece que os PAIS de hoje também querem receber amor. É isso, de durões eles se tornaram seres humanos carentes (como quaisquer outros) que de certo modo tentam disputar a atenção e o carinho dos filhos com suas parceiras, a mãe deles.

Eu não estou aqui julgando e nem defendendo, apenas acredito que a partir do momento em que compreendemos a realidade ela fica mais simples de ser trabalhada. E no mais eu dei esta breve explicação para os comportamentos que atualmente são típicos dos PAIS, para terminar dizendo que não é necessário fazer nada de espetacular para ser essencial e muito amado pelos filhos, por que este amor é totalmente gratuito e ele já existe, afinal para ser amado como um PAI basta apenas ser um!

Talita FelipeFeliz dia dos Pais
Leia Mais...

A importância de NÃO resolver tudo pelos filhos

Esses dias eu fui ao encontro do meu pacientezinho de seis anos para entrarmos para o atendimento e ao encontra-lo, junto com sua mãe, ela disse: “Estamos atrasados por que ele não estava querendo vir, e eu disse a ele ‘então liga pra Talita e fala que você não vai’” E como já deu para perceber eles foram.

Talita FelipeA importância de NÃO resolver tudo pelos filhos
Leia Mais...

Tudo pelo filho

Cada vez mais ouço e observo pais que transformam toda a vida para que a mesma gire em torno dos filhos. E isso se aplica à rotina, às escolhas de passeio, programas em família, a vida do casal, enfim, muitas vezes aplica-se realmente a tudo o que existe na vida da pessoa mãe e/ou da pessoa pai…

Talita FelipeTudo pelo filho
Leia Mais...

Segundo filho e o lugar do primeiro

Atualmente as famílias tem aderido cada vez mais ao filho único e sobre isto não vamos conversar hoje. Porém, quando escolhem ou simplesmente tem o segundo filho PRECISAM prestar atenção no primeiro que vai passar por um processo de mudança bastante significativo e precisar de auxílio dos adultos para enfrentá-la e poder superar.

Talita FelipeSegundo filho e o lugar do primeiro
Leia Mais...

Preocupações do início de ano letivo

Bem, (in)felizmente as férias já estão quase na sua reta final e as preocupações do começo do ano letivo logo logo começarão… estas preocupações costumam ser muitas e diversas. Elas variam de acordo com a faixa etária, fase da vida escolar, e situação do(a) filho(a) na escola atualmente. Para algumas pessoas elas se limitarão neste ano à compra de materiais e uniformes novos, o que já demanda tempo e dinheiro. Se este for o seu caso talvez você pare a leitura por aqui, ou queira ser generoso de ao final do texto partilhar conosco suas experiências anteriores, iremos ficar bastante agradecidos. Agora se este não for o seu caso eu pretendo listar aqui as principais preocupações possíveis e te ajudar, vem comigo.

Talita FelipePreocupações do início de ano letivo
Leia Mais...

A importância de falar sobre SEXO com os filhos

Como vocês já devem ter percebido pelo título, hoje vou falar um pouco sobre a importância de conversarmos com os filhos sobre sexo… Pode parecer uma bobagem, por que temos sexo por toda parte e todos parecemos muito bem resolvidos com este assunto, “SQN”. Na realidade somos adultos que em sua maioria tem sérios problemas em falar de sexo com os filhos.

Talita FelipeA importância de falar sobre SEXO com os filhos
Leia Mais...