Arquitetando Estilos

Como funciona a cicatrização nas tatuagens

Em meio às muitas reflexões durante a minha licença maternidade, notei um fato em comum: Muitas clientes geralmente têm dúvidas com relação ao processo de cicatrização da tatuagem. Tanto com relação ao tempo, dor, vermelhidão e até em como diferenciar o que é uma reação normal de uma reação que pode indicar um processo alérgico ou infeccioso.

É importante salientar que…

Não sou médica, o que escrevo é baseado em minha experiência como tatuadora, assim como em  informações que juntei de dermatologistas ao longo destes anos. Se vc é médica(o) e notou que eu escrevi algo incoerente, por favor, fique à vontade para corrigir nos comentários!

Tatuagem é um corpo estranho

Todo processo de cicatrização inicia-se com um processo de inflamação, onde as células do corpo vão interpretar o pigmento como um corpo estranho e tentar expeli-lo. É NORMAL a tatuagem ficar vermelha, dolorida, sensível e escorrer excesso de pigmento nas primeiras 48hrs. Porém, é um quadro gradativo: os sintomas vão diminuindo com o tempo. Se não diminuírem em um prazo de 72hrs, você DEVE entrar em contato com o tatuador que fez o procedimento ou com um dermatologista.

Existem casos em que a pele apresenta uma reação mais agressiva à tatuagem. São casos como reformas, coberturas e tatuagens sobre peles que já passaram por processos de remoção a laser. Basta pensar: estou mexendo em um machucado já cicatrizado, é normal a pele ficar sensibilizada e inchada por mais tempo do que uma tatuagem nova.

O que pode acarretar em uma infecção?

  • Não manter a área limpa;
  • Não fazer uma barreira entre a pele e a roupa nos primeiros dias;
  • Não aplicar a pomada correta;
  • Ter contato com meios contaminados no primeiro mês (mar, areia da praia, rios, piscinas, e dependendo até o seu local de trabalho).

São sintomas de inflamação: Inchaço, elevação do local, coceira, mau-cheiro, dor muscular, febre e secreção amarela ou esverdeada. Casos de infecção só são culpa do profissional quando o mesmo não tem responsabilidade com a biossegurança do local de trabalho ou reutiliza materiais de forma irregular. Por isso, ao buscar o profissional que irá realizar sua tatuagem, não custa nada ir conhecer o estúdio antes #ficaadica

Alergia x infecção

Não são reações iguais. Para se evitar alergia deve-se tomar cuidado com a alimentação: alimentos gordurosos, fast food, bebida alcoólica, ovos e até mesmo o sushi podem desencadear inflamações. Alguns clientes podem apresentar alergia a certos componentes de alguns pigmentos ou até mesmo à pomada cicatrizante. Ficou em dúvida se sua tatuagem está infeccionando ou tendo uma reação alérgica? Procure um dermatologista. Não se medique por conta própria, muitas vezes o que fulano usou pode não servir para o seu organismo. Vc pode inclusive pedir a composição das tintas para o seu tatuador e levá-las ao dermato para tirar dúvidas.

Existem mil e uma reações do seu corpo durante a cicatrização e nem todas estão ligadas a infecção, como:

  • Usar o plástico por mais tempo que o indicado;
  • Tomar banhos muito quentes;
  • Apoiar/pressionar a região recém-tatuada;
  • Ingerir alimentos gordurosos;
  • Consumir bebidas alcoólicas nos primeiros dias;
  • Não higienizar corretamente;
  • Não hidratar a tatuagem.

Caso real

As fotos desse post são de uma tatuagem que apresentou quadro alérgico à pomada usada pela cliente. Graças ao tratamento junto ao dermatologista, hoje ela está linda e bem cicatrizada. Não foi necessário retoque {fotos em ordem dela recém-feita, inflamada e logo abaixo cicatrizada}.

Aqui a cliente usou a pomada errada, consumiu gordura (churrasco) e álcool logo em seguida ao procedimento.

O desenho pode modificar com a cicatrização?

Sim. O traçado pode estourar {ficar mais grosso que o original}, a tinta pode ficar falhada ou até desbotar. Com o passar dos anos, toda tatuagem sofre alteração! (Dá uma conferida aqui: tatuagens passados os anos)

Porquê os traços estouram?

Má alimentação e Falta de Hidratação: a pele envelhece com o tempo e a tatuagem, consequentemente, envelhece junto. Portanto, quanto melhor os cuidados que você tem consigo mesmo, melhor ficará o resultado final da sua tatuagem;

Pele Oleosa: a pele oleosa tende a desencadear a dilatação do traçado;

Tensão sob a pele recém-tatuada: todo e qualquer tipo de atrito/esforço fazem com que a pele trabalhe e, assim, trabalhe também a tatuagem no local tencionado. É crucial que se evite ao menos um mês de atividade física no local para que não haja alteração a curto prazo na tatuagem recém-feita. Com os anos, a dica é optar por locais do corpo com menor vazão a movimentação;

Parte do corpo em que foi tatuado: regiões onde a pele são mais finas colaboram para que o traçado dilate com maior facilidade devido à espessura da camada de gordura da mesma (Texto complementar: tatuagem e partes do corpo);

Peso da mão do tatuador: o mais aconselhável é que você pesquise com carinho o portfólio do tatuador em questão, que peça para verificar trabalhos já cicatrizados de clientes que tenham cuidado das suas artes. Opte pelo profissional que tenha domínio da aplicação do pigmento na camada correta da pele, assim você evita que a tatuagem espalhe já logo de imediato;

Tamanho da arte: sempre aconselho um tamanho mínimo a ser tatuado, pois quanto menor o desenho, menor é o nível de detalhes aconselhado, visto que o traçado tende a dilatar ao menos 1 mm com os anos. Desenhos com a escala maior costumam a sofrer menos essa interferência;

Portanto, a tatuagem pode sofrer alteração tanto pela genética do seu corpo, quanto pelos cuidados {ou falta deles} no período de cicatrização, quanto pelo amadorismo do profissional escolhido. Lembrando que, de praxe, TODOS nós tatuadores indicamos: nunca coce a tatuagem recém-feita! Uma vez que se rasgue com as unhas o local onde foi feito o corte com a agulha da tatuagem, a tinta pode correr, espalhar e danificar o trabalho.

Siga os cuidados indicados pelo seu profissional do coração e em caso de dúvidas não hesite em perguntar!

Posts Aleatórios

Yasmin CoiadoComo funciona a cicatrização nas tatuagens

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *