Arquitetando Estilos

Como preparar a pele para tatuar

Vocês sabiam que o que vocês fazem na pele antes da sua sessão também influencia no resultado final da sua tatuagem? Vem comigo que no post de hoje vou dar algumas dicas de como você deve cuidar da sua pele para uma qualidade melhor no resultado final da sua tattoo.

A pele

Todo e qualquer cuidado feito na pele reluz na qualidade final da sua arte. Sendo esse o maior órgão do corpo humano, composto basicamente de água, é a mesma o que propõe uma definição e textura adequadas para a pigmentação. Uma pele mal cuidada é incapaz de absorver a tinta corretamente.

Peles que sofrem com constante radiação solar e não recebem os devidos cuidados pós-insolação acabam “criando” um espessamento na sua camada mais externa. Essa “capa de gordura”, defesa do próprio organismo, dificulta o procedimento e consequente a inserção da agulha sobre a pele. Tamanha é a relação que tem casos em que a pele parece rejeitar o pigmento, pois não é autosuficiente para receber o corpo estranho da tinta da tatuagem.

Então, como trabalhar à favor da sua arte? Leia os próximos tópicos, vou descrever de forma rápida detalhes que podem parecer pequenos mas que, num conjunto, melhoram a sua receptividade para os produtos usados na tattoo.

Hidratação

Não tenho como falar dos cuidados sem citar esse fator super importante. Tanto antes quanto depois da sua sessão a pele precisa estar hidratada. Seja por creme ou líquidos, conforme você cuida da própria pele melhor irá preparar a “tela” pra receber a pigmentação.

É importante lembrar que no dia da sua tatuagem a pele deve estar limpa, sem constar nenhum tipo de produto! Isso pode atrapalhar a higienização e correta pigmentação da tinta.

Depilação 

Num modo geral, qualquer obstrução na área onde será desenhado pode atrapalhar na hora do traçado (principalmente). É crucial que a pele esteja preparada antes da sessão.

O ideal é que a área seja depilada com cera quente cerca de 15 dias antes da sessão, tempo suficiente para que a pele se regenere e melhore em caso de alergia ou pelo encravado após a depilação. Caso você tenha alergia à cera e só possa usar a gilete, deixe para que o artista a depile no dia da sua sessão previamente. Naturalmente que, neste caso, quando os pelos começarem a crescer novamente podem aumentar ainda mais a coceira durante a cicatrização.

Insolação 

Para que você possa tatuar, deve estar saudável. Isso implica estar com a pele o mais natural possível. Tatuar com a pele queimada é contraindicado! Além de ela não estar saudável, quando começar a descamar pode levar parte da pigmentação junto. Aconselhamos que se tatue com no mínimo 15 dias após ter ido à praia. 

Simples, não é?! Nos ajude a ajudar vocês a terem uma arte incrível 💗

Posts Aleatórios

Yasmin CoiadoComo preparar a pele para tatuar

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *