Arquitetando Estilos

Infidelidade Conjugal: Buscando um auxílio da terapia de casal

Tenho recebido em meu consultório diversos casais que vivenciaram a traição dentro do relacionamento, e estão em busca de uma ajuda para superar e amenizar as dores advindas dela.

O conceito de infidelidade é apenas um:

O ato de trair, com ausência de lealdade e desestrutura da confiança adquirida.

Porém, cada pessoa designa um ou vários comportamentos que podem se enquadrar neste conceito, sobre o que é trair, e cada um vivencia de uma maneira muito subjetiva.

Como qualquer outro comportamento que emitimos, a traição também gera consequências tanto para a pessoa que traiu, como para a pessoa que foi traída.

Neste texto, não irei abordar possíveis motivos, culpas, consequências, mas como a terapia de casal pode auxiliar em um processo de amenização das dores e sofrimentos.

Em primeiro lugar, para ocorrer a reconstrução dessa relação, é importante a pessoa que foi infiel reconhecer o erro, bem como querer repará-lo.

Ter o conhecimento que reconstruir uma confiança não é fácil, e a disposição de quem errou para, juntamente com a outra pessoa, lidar com todo esse conteúdo vivenciado, objetivos e caminhos a seguir para que essa confiança apareça novamente, isso precisa estar presente.

Da mesma forma que não adquirimos a confiança de uma hora para outra, ela é construída, retornar a confiar pode ser um caminho não muito curto, e por isso, a pessoa que foi infiel vai precisar ir com calma em sua ânsia de “voltar” a ser como era, ou mudar o que estava errado.

Neste ponto, a psicoterapia serve de suporte para que o caminho traçado inicialmente, seja fortalecido nesse percurso. E que as dificuldades que irão surgir, assim como a ausência de força para continuar, seja colocado em questão, e trabalhado com este casal.

Outro item muito relevante dentro da terapia de casal é a identificação das razões da traição. Identificar esses motivos é importante tanto para quem traiu como para quem foi traído, entender o porquê aconteceu. Falar sobre essas razões, sobre os sentimentos de cada um, com a ajuda de um psicoterapeuta, possibilita o casal a desenvolver um enfrentamento das emoções de cada um, lidando com as verdadeiras circunstancias que levaram à ou às traições, criando assim estratégias para fortalecer o vínculo do casal e a confiança a ser reconstruída.

Conversar sobre a infidelidade não é fácil, para ambos os lados, mas é com o diálogo que se amplia a possibilidade de um entendimento e uma solução. E dentro da psicoterapia, é possível direcionar para uma comunicação assertiva e positiva, a fim de restaurar o relacionamento e amenizar cada vez mais as dores e feridas.

Quando ocorre qualquer traição, e o casal tem por vontade continuarem juntos, ou também estão confusos quanto ao que querem, se irão conseguir ou não transpor esse momento de conflito, a terapia de casal pode ser um auxílio muito valioso para que as dores sejam trabalhadas da forma correta, e que o casal consiga compreender juntos o que aconteceu e identificar o que cada um realmente deseja. E quando ambos têm o mesmo propósito de reconstrução da relação amorosa, de forma individual, o que podem fazer para ajudar nesse processo, sempre buscando uma compreensão ampla da situação e de cada um.

Se está passando por um momento como esse, e não está conseguindo superar este conflito (superar não é esquecer, mas ter a lembrança sem ter o sofrimento), procure ajuda de um psicólogo.

Adriana Visioli

Adriana Visioli

Sobre Adriana Visioli

Psicóloga com especialização em Análise do Comportamento e Terapia Sexual e de Casal.
Cascavel - PR.

Visite meu site
Todos os posts

Posts Aleatórios

Adriana VisioliInfidelidade Conjugal: Buscando um auxílio da terapia de casal

Related Posts

Deixe uma resposta