Arquitetando Estilos

MAIS ESTILO MENOS GASTOS

MENOS É MAIS…

Esta é a necessidade do momento…

Após quase 11 anos trabalhando no comércio, mais especificamente com  a moda feminina, percebo as nítidas mudanças no modo como as pessoas vão as compras hoje em dia. Entre essas mudanças está o comportamento da mulher na hora da compra, está mais atenta, não na moda e sim em seu guarda-roupa, ela está mais cuidadosa nas escolhas, ela pensa, rebate, analisa e assim por diante. Dá mais trabalho?! Sim, tanto pra mim quanta pra ela. Mas ai está a magia do meu negócio. Fazer sentido no que você faz, trazendo realização pessoal… ah! isso não tem preço.  Não tem meta mais importante que essa.

Como também trabalho com vestidos de festa na loja Costume Urbano, percebo o desespero das mães com as adolescentes que estão entrando neste mundo da moda e que mexe com sua auto estima, aprovação no grupo e o de querer sempre algo novo. Então este post é pra você também, adolescente, que é e sempre será muito mais do que uma muda de roupa que você veste. Também tenho uma filha adolescente então sei que é um trabalho diário. Acho o máximo quando minha filha conta que quem vai muito arrumado pro colégio a turma dá uma “zoada”; vejo isso com bons olhos porque acredito que ir pra escola tem uma finalidade muito maior do que a preocupação do que vestir.

Você pode estar pensando que estou boicotando meu negócio, minhas vendas, mas não. Quero muito mais que isso, quero ver sentido em cada peça que sai da minha loja. Quero uma cliente feliz e satisfeita com a escolha que fez. Sinto-me honrada quando a cliente chega e diz: “preciso de uma roupa para o batizado dos meus filhos gêmeos”, “minha filha precisa de um vestido novo pois é sua primeira festa de 15 anos”, “esta calça irá acompanhar minha viagem de férias”… e muitas e muitas mais histórias.

Então mãos a obra e veja algumas dicas antes de sair às compras:

  • Organizar seu armário: esta etapa é fundamental e, sim, é a primeira de todas. Saiba o que você tem. Caso não goste deste serviço, existem excelentes profissionais nesta área de consultoria de imagem que fazem esta organização. Um guarda roupa inteligente tem 10% de roupas fast fashion, 40% acessórios e 50% peças clássicas, coringa. Estes números não são absolutos, apenas uma referência.
  • Conhecer-se: conheça seu corpo e seu estilo. Mais uma vez vem o serviço da consultoria de imagem.
  • Jogar fora peças improdutivas: peças rasgadas, furadas e que já deram seu tempo útil de vida. Isto acaba com o estilo. Sabe aquela mania de dizer “mas paguei tão caro por este casaco”… Acredite, ele já se pagou. Livre-se dele! Doe somente aquilo que não merece lixo.
  • Renovar suas roupas: que tal dar um toque pessoal naquela peça escondida no guarda roupa há anos? Ajuste de cintura, barra, costura ou customize. Peças que não lhe caem bem e ainda você as usa é um grande erro. Reforme com consciência ou seja, veja se o custo valerá a pena e se usará mesmo depois da reforma.
  • Cuidar das suas peças: Passe suas roupas. Roupas amarrotadas não dá vontade de vestir porque o visual realmente não é legal. Você sabia que 58% do impacto das peças são causadas por nós? Então cuide para durar mais e cuide para impactar menos durante a fase de manutenção. Não corte as etiquetas das peças sem antes analisar a forma de lavar e passar.
  • Abusar nos acessórios: cintos, colares, lenços IPEK, bolsas e óculos.
  • Agora vou dar uma dica de estilo, mesmo não sendo a melhor pessoa para falar disso, mas lá vai: unhas bem acabadas e pintadas. Preciso me esforçar mais sobre este assunto. Além disso, cabelos bem tratados passam confiança e cuidados com você.
  • Comprar em lojas que associem preço e qualidade: o famoso custo-benefício. Outlets são ótimas opções, como por exemplo a loja Costume Urbano (feita minha propaganda). Isto é, sem dúvida, uma ótima oportunidade de economia. Ao se tratar de qualidade é muito importante você pensar no que você realmente acredita. Qualidade para você é um toque suave do tecido, é um bom caimento, é a forma de manutenção, enfim, analise com responsabilidade esta informação. A diferença entre tecido e qualidade está na sua construção. Seda por exemplo é “infuncional”: pode queimar, puxar fio, mancha com facilidade e estraga rápido. Seda usa muita química na sua construção sendo assim não é nem pouco ecofriendly. Qualidade é construção também. Pense nisso! Apenas como informação, mais algumas dicas sobre sustentabilidade: não se usa mais muito este termo pois para usá-lo você deve estar preocupado em como não prejudicar gerações futuras e isso não acontece. “O desenvolvimento que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer as necessidades das gerações futuras”. Deve-se levar em consideração sociedade, meio ambiente, economia. FIBRAS COMUNS MAIS SUSTENTÁVEIS:
    • Lyocell: tencel e monocel
    • Modal
    • Algodão orgânico
    • Linho – Juta – Cânhamo
    • Pet reciclado
    • Outros tecidos reciclados
    • Laminado vegetal
    • Além disso tem quem curte dar uma passada em brechós, venda de garagem, troca com amigas e ainda colocar peças a vendas em sites como OLX e Mercado Livre. Procure canais que você adapte-se melhor. Mas não esqueça só venda peças em boa qualidade e capriche nas fotos, não tente esconder algum problema. Além disso, mais uma vez DOE, caridade faz muito bem para o coração.
  • Tomar decisões inteligentes na hora da compra:
    • Estabeleça um orçamento
    • Não fique escrava das tendências: nem sempre o que está na moda combina com você.
    • Fique de olho na forma de lavar da peça: as vezes este custo de lavanderia não compensa.
    • Investir em peças neutras: peças monocromáticas ou ainda com estampas discretas cria um efeito mais atemporal e não enjoa com facilidade. Mas não vamos deixar o guarda-roupa tedioso, né?!
    • Repetir roupa: isto não é crime. Muito mais do que escrever sobre isto, vou mostrar as vezes que usei e abusei desta dica.

        vivi - 2010-horz2010 – 2012vivi - 2015-horz2015 – 2017

vivi - 2015 2-horz2016 – 2017

O absurdo seria ter que usar uma roupa diferente a cada dia. Usar a mesma peça é inteligente, prático e além de tudo, muito estiloso.
Glória Kalil

Agora, mãos à obra. Ninguém disse que seria fácil mas é só começar e a brincadeira fica prazerosa.

 Até a próxima,

Vivi

Viviane da Paz Carvalho

Sobre Viviane da Paz Carvalho

Consultora de Imagem
Proprietária da loja Costume Urbano

Visite meu site
Todos os posts

Posts Aleatórios

Viviane da Paz CarvalhoMAIS ESTILO MENOS GASTOS

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *