Arquitetando Estilos

Tatuagens: Coloridas x Preto e Branco

Esse é aquele tipo de assunto que deixa a todos na dúvida sobre como ou o que tatuar. Espero conseguir tirar algumas dúvidas de vocês sobre a diferença entre tatuagens em preto e branco e as coloridas. Mas caso fique alguma dúvida, por favor, comente esse post o/

Sensibilidade em relação à aplicação

Uma das coisas que eu mais escuto no estúdio é que “tatuagem colorida dói mais”. Quem aqui concorda? Vamos acabar com esse mito?!

Não há diferença na recepção da pele ao ser pigmentada a tinta, seja ela colorida ou preta. A diferença fica no peso da mão do tatuador, que muitas vezes ao usar tintas coloridas pode acabar forçando mais a entrada da agulha na pele. E também na técnica usada, seja a tatuagem traçada, pontilhada, aquarelada ou totalmente preenchida.

Para cada técnica é usada um tipo de agulha. O que eu sempre digo para vocês terem uma noção melhor, é que agulhas de tatuagem são como pincéis. Se o traçado será mais fino, usamos agulhas de “ponta fina”, num conjunto de 1,3 ou 5 agulhas. Se o traçado será mais espesso pode-se usar agulhas de “ponta fina” em conjuntos maiores, a partir de 7 agulhas. Ou então agulhas do tipo “bucha”, como nós chamamos, onde a ponteira da agulha é aberta. Independente da espessura, a linha é contínua, feita (geralmente) de uma só vez.

Para o pontilhismo usamos dessas mesmas agulhas de traço, a diferença está na forma de aplicar a tinta para dar o efeito sombreado desejado. E para pinturas sólidas ou aquareladas usamos agulhas largas, de pontas retas ou circulares, assim como pincéis de pintura, onde a aplicação é feita de forma circular e constante até se obter o contraste e degradê desejados.

Durabilidade

Outra concepção errada que vejo muitos clientes duvidarem é a de que tatuagem colorida desbota mais rápido. Analisem comigo: estamos diariamente expostos à insolação, seja de forma direta ou indireta até pelo mormaço. E toda essa radiação modifica a textura da pele, a envelhece. E é por isso que nós, tatuadores, aconselhamos o uso constante de proteção solar por filtros UVA e UVB, e também enfatizamos a importância de se manter a pele hidratada.

Me perguntaram recentemente se tinha alguma ligação com a qualidade dos materiais, especificamente das tintas. Posso afirmar que não! (ao menos, na minha experiência, não nos materiais que eu uso!) A tinta preta geralmente é da mesma marca das coloridas, o que interfere é a forma de aplicação e os cuidados posteriores.

Enfim, manter a pele hidratada faz com que a tatuagem se mantenha vívida por mais tempo. A percepção de que a tatuagem colorida desbota mais rápido acontece pelo menor contraste das cores com a nossa cor da pele. A durabilidade das cores é a mesma desde que cuidadas das mesma forma. Porém, a manutenção pode ser vista com olhares diferentes, dependendo de como você goste de manter sua tatuagem no corpo. Pessoas que gostam das tatuagens coloridas mais fortes e destacadas podem optar por realizar retoques com uma frequência maior. O que eu posso salientar é que dependendo de como a arte foi planejada para ser em relação à sua técnica, a permanência das cores pode sim se esvaecer mais rápido, como acontece na aquarela por exemplo.

Cicatrização

Novamente, a diferença na cicatrização de uma tatuagem para outra não tem como interferência a cor. E sim a técnica. Tatuagens em traço tem uma cicatrização muito mais rápidas e menos invasivas do que tatuagens super pigmentadas. Como são trabalhos mais rápidos e de aplicação menos consistentes num mesmo ponto, tendem a não sangrar tanto durante a sessão e, consequentemente, a criar menos casca no pós-sessão.

Aqui vai a foto de uma das últimas tatuagens que fiz em mim, falei um pouquinho mais dela aqui: A tatuagem por tras do plastico filme

Problemas na cicatrização

Outra dúvida que muito me perguntam é se o desenvolvimento de quelóides tem alguma relação com a cor usada nas tatuagens, e a resposta é que não. A quelóide acontece quando a tatuagem atingiu uma camada muito profunda da pele, e então ela se torna como uma cicatriz. Quelóides podem coçar frequentemente, principalmente em dias mais quentes ou dependendo do que você coma.

Na minha experiência como tatuadora, o que pode influenciar sobre a tinta é a composição da mesma. Assim como em alimentos, as cores são feitas com determinadas substâncias que podem te dar alergia.

Já tive histórico de cliente com alergia à cor azul, o que depois de tratada a cicatrização ainda assim seguiu perfeita. Também já tive o caso de uma cliente que não podia usar nem consumir nada que fosse roxo, então evitamos essa cor e semelhantes na sua tatuagem. E o mais grave, tive o caso de uma cliente que teve reação com o amarelo. Nesse caso, recolorir com outra cor não solucionaria o problema, pois o amarelo continuaria ali por baixo. Foi um único caso em que presenciei alguém optar por fazer a remoção logo após o tatuado. Não temos como prever se você terá ou não reação à alguma cor. E também desconheço casos de pessoas que tenham reação com piercings e que tenham reação com as tatuagens.

O que eu posso aconselhar é que, caso você se sinta inseguro é que em primeiro lugar, peça a composição das cores que irão usar para poder fazer um teste com um dermatologista e averiguar qualquer possibilidade de reação.

Peles e suas cores

Toda pele tem um tom e um subtom. Por exemplo, eu sou branca mas meu subtom é rosa. E isso acarreta em diversas questões, como por exemplo as cores resultantes do meu tom. Existem vários tipos de cor, e nossas cores influenciam na cicatrização e resultado final das nossas tatuagens. Na tatuagem, as cores funcionam como em tintas, quando misturadas elas se transformam em uma terceira cor. E é por isso que muitas vezes quando uma tatuagem cicatriza, a cor muda. Tatuagens antes pretas podem ficar azuladas, por exemplo. (É claro que não só por isso, cuidados no pós-cicatrização também influenciam, e muito!)

E assim como na vida, na moda, e em tantas tendências, cada cor tem uma cor derivada, uma combinação, uma cor análoga e uma cor oposta. Aqui a Teoria das Cores nos ajuda e muito! Existem peles que combinem mais com tons frios, outras com tons quentes. E aqui vai de você conversar com o seu tatuador sobre qual coloração pode embelezar ainda mais a sua tatuagem e fazê-la combinar ainda mais com você. Afinal, a tatuagem é exclusiva sua e permanente, nada mais justo que fazer jus ao seu gosto e ao local em que irá tatuar, e poder escolher sobre o que vai mais te valorizar não é?!

Tipos de pele

Outra dúvida constante é se o tipo da sua pele, seja ela seca ou oleosa, pode interferir na absorção da tinta. O que interfere no resultado final, é a forma como a tatuagem será cuidada. Se a sua pele é seca, antes da sessão deve ter um cuidado redobrado na hidratação para facilitar a pigmentação durante o procedimento. Depois da tatuagem feita, você deverá levar em conta com quanto tempo a pele demora pra se regenerar e criar casca. Se isso for mais do que três vezes ao dia, hidrate conforme a sua necessidade. Assim não tem tinta, preta ou colorida, que a pele possa rejeitar.

O tipo da pele pode, em contrapartida, interferir na aplicação! Já tive o caso de uma cliente que nitidamente não se hidratava (por cremes, protetor solar ou afins) – e isso nós conseguimos identificar sem precisar perguntar, viu?! – e isso acarreta numa dificuldade maior da pele aceitar a tinta. Como a pele não recebe constantemente uma película de hidratação e não se regenera, a mesma pele acaba “criando”uma crosta, como uma pele mais grossa e resistente, e isso dificulta a entrada da agulha na pele. Não se desesperem pois não é um fator determinante pra você não poder tatuar! Mas, se você pode facilitar o trabalho, com certeza terá um aproveitamento melhor, sem a necessidade de um retoque e com uma aplicação mais sutil.

Então, se você está em dúvida sobre tatuar uma arte colorida ou em preto e branco, leve em consideração seu gosto pessoal ok?! Manutenção e retoques fazem parte de qualquer trabalho 😉

Posts Aleatórios

Yasmin CoiadoTatuagens: Coloridas x Preto e Branco

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *