Arquitetando Estilos

Wrap Dress – o clássico poderoso que vai te surpreender.

É sempre bom e empolgante falarmos das tendências da moda, principalmente das que possuem maior impacto, que estão bombando e vemos nas ruas e nos desfiles. Porém, a moda não é feita somente destas peças (que provavelmente daqui algumas temporadas irão sumir por um bom tempo), a moda também é feita por básicos e por clássicos.

Os clássicos estão sempre presentes, pois eles são atemporais, não saem da moda, conseguem carregar e harmonizar os componentes do look, assim como incorporar as tendências. Com essa versatilidade conseguem entrar no guarda-roupa de pessoas de qualquer estilo.

Uma dessas peças clássicas é o wrap dress – conhecido também como vestido envelope ou vestido cache-coeur – onde sua maior característica é a modelagem da frente transpassada e que acintura. Criado por Diane von Furstenberg nos anos 70, o vestido comemora seus 44 anos como ícone de elegância e bom gosto. A estilista belga sempre soube se reinventar, e sua marca atual: DVF (com suas iniciais) nos prova isso, com os mais variados tipos de wrap dress, que é sem dúvida sua peça mais emblemática.

Opções de Wrap Dress de coleções da marca DVF. – Fontes: dvf.com /Pinterest

Tempos atrás, esse modelo de vestido poderia erroneamente ser associado a um vestido careta ou sem graça, mas pelas imagens acima, fica confirmado que este conceito estava errado! Tudo depende do vestido que você escolher, dos detalhes certeiros que podem definir sua roupa. Podemos encontrar ele com brilho, babados, mangas diferenciadas, fendas, mistura de materiais, estampas, cortes assimétricos… Este tipo de vestuário cabe em todos os estilos, todos os biotipos, para todas as ocasiões…tudo seguindo o bom senso e as escolhas certas.

Inspiração Street Style – Wrap Dress – Fontes: Style du Mond, Pop Sugar, Pinterest

O grande trunfo do vestido envelope é que ele valoriza o colo, marca a cintura, deixa a mulher feminina e empoderada, e ao mesmo tempo é prático e confortável. Outro ponto bacana é que a intenção de Diane foi realmente essa, segundo ela, esse vestido simboliza “liberdade, garra e confiança”, ou seja: tudo o que a mulher moderna precisa.

Dicas para usar o wrap dress:

  • Aposte nas sobreposições do vestido com: camisetas, casacos, coletes ou jaquetas;
  • Use-o durante todo o seu dia, mudando somente os acessórios e adequando o look para cada ocasião (exemplo: pra noite troque a sapatilha pelo salto, acrescente um trench coat, uma maxi bijoux…e capriche na make);
  • Use um cinto sobre o recorte da cintura para finalizar o look;
  • Para noite e festas aposte em tecidos ou acabamentos com brilho e textura;
  • Moderação na profundidade do decote, fendas e comprimento do vestido para ambiente de trabalho mais formal;
  • Escolha peças que valorizem sua silhueta, evidenciando os seus pontos fortes.

Enfim…o melhor de tudo é quando uma roupa linda é um clássico, valoriza seu corpo, é confortável e é uma das principais apostas da moda na atualidade, formando um conjunto perfeito para investir e aproveitar ainda mais o seu wrap dress.

Bárbara Guimarães.

Posts Aleatórios

Bárbara GuimarãesWrap Dress – o clássico poderoso que vai te surpreender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *